Evento Turismo: Cerro Catedral

Ir em baixo

Evento Turismo: Cerro Catedral

Mensagem  Sarah Bloodstone em Ter Mar 31, 2015 2:28 am



Evento, Turismo 01.



Foto



"Bariloche, cujo nome oficial é San Carlos de Bariloche, é uma cidade da Argentina, localizada na Província de Río Negro, junto à Cordilheira dos Andes, na fronteira com o Chile. Está rodeada por lagos (Nahuel Huapi, Gutiérrez, Mascardi) e montanhas, como o Cerro Tronador (3354 m de altitude, na fronteira com o Chile), o Cerro Catedral (movimentada estação de esqui) e o Cerro López. Possui cerca de 130 mil habitantes."

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Bariloche

Neve... Da última parada em minha viagem pelo mundo para relaxar e "desestressar", muitos poderiam pensar que a neve é a última coisa que eu iria querer ver... Quem me conhece, sabe que o clima mais ameno é o meu predileto, mas ignorar o charme de uma boa esquiada, ainda que jamais tivesse esquiado antes, seria um pecado não incluir Bariloche no roteiro de viagens...
Ajeito meu casaco para me proteger do frio intenso daquela manhã, não iria esquiar, pelo menos, não era a minha intenção... Não queria passar vergonha, ou atropelar alguém sem querer, mas espere... O instrutor de esqui, sim... Ele é bem bonitinho pelo que consegui saber, acho que depois de tirar uma foto da estação de esqui, posso começar a preparar minha prancha... Ele vai precisar me ensinar como se faz... :bobby:


valeu @ carol!
avatar
Sarah Bloodstone
Neutros
Neutros

Mensagens : 99
Moedas : 2326
Data de inscrição : 27/02/2015
Idade : 23
Localização : Metropolis

Ficha do personagem
Nível: Epsilon
Grupo: Sem Grupo
Raça: Humanos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Evento Turismo: Cerro Catedral

Mensagem  Ikimaru Lerman em Seg Abr 06, 2015 6:09 pm


Estranho


Olhar


POST: 001 ❢ NOTAS: Evento ❢ OUVINDO: Snow(Hey Oh) ❢ ONDE: Cerro Catedral ❢
Uma brisa fria fazia com que os pelos da nuca de Ikimaru arrepiassem. Ele admirava a paisagem branca da estação da esqui, e observava silenciosamente as famílias se divertindo, os jovens esquiando. Mas uma jovem, em especial, atraiu sua atenção. Ela tinha olhos de uma cor difícil de definir, seu rosto tinha um formato igualmente peculiar e mesmo com muita roupa era perceptível que tinha um corpo bem definido. Ikimaru tentou não encara-lá por muito tempo evitando que ela percebesse sua presença.

Passado alguns minutos, Ikimaru continuava aproveitando a paisagem local, mas ele não conseguia ficar muito olhar a jovem. Sua beleza era muito difícil de ser ignorada. Em um desses momento, o mutante percebeu uma presença estranha próxima da moça. Havia um homem, ele usava um boné que impedia que seu rosto fosse visto, além de luvas e roupas que cobriam o seu corpo por completo. Até ali nada de estranho, ele estava em um lugar frio nada mais justo do que alguém vestido daquela maneira. No entanto, ele seguia furtivamente a garota de olhos claros, com passos tão leves quanto os do próprio Ikimaru. Ele sabia que aquele homem não tinha boas intenções. Ikimaru decide surpreender o estranho, ele manipula a luz e faz com ela reflita sobre ele, agora o jovem mutante não era mais visível para pessoa que enxergavam dentro do espectro da cor.

Agora invisível para todos, Ikimaru se aproxima do suspeito que por sua vez estava cada vez mais perto da garota e quando estava perto o suficiente ele desfere uma canelada nas costelas do estranho que geme de dor e se vira furioso. Ikimaru carregava um sorriso nos lábios, mas ele dura pouco o estranho da uma rasteira derrubando-o na neve. "Como sou burro" -pensou. Seus pés afundavam a neve deixando qualquer atento de sua presença.

O homem continuava seus ataques, com movimentos bem treinados e quase coreografados e ele tentava atingir outro chute no Ikimaru derrubado. Mas antes que ele conseguisse, Ikimaru dispara um feixe de luz de seus olhos que derrubavam o homem para trás, dando tempo para o morlock se levantar e concentrar uma quantidade de luz em suas mãos e nela essa luz se moldava dando uma forma de espada. A sua invisibilidade se esgota revelando-o por completo, o homem também se punha de pé sem deixar que nem por um momento seu rosto ficasse visível. Ikimaru ataca, o homem recua e tenta acertá-lo com um chute, Ikimaru se defende com sua espada e mais uma vez lança luz de seus olhos. O estranho é atingido, no entanto, resiste e contra-ataca para surpresa de Ikimaru que acaba sendo atingido.

A briga dos dois começa a chamar alguma atenção, o que parece deixar os dois desconfortáveis. A garota havia sumido, aparentemente sem perceber o que estava para acontecer com ela. Ikimaru tenta manter o capuz sobre a cabeça para não ser reconhecido, enquanto encara o homem e no minuto em que ele tenta atacá-lo mais uma vez Ikimaru libera um forte "flash" que cega não só o estranho como os curiosos que haviam aparecido. Em seguida, ele desfere mais um golpe com sua espada cortando superficialmente o peito do homem que é atingido novamente por uma canelada nas costelas. Ele ruge de dor e cai indefeso no chão com a espada de Ikimaru roçando seu pescoço. Sua visão começava a voltar ao normal e ele mantinha seu rosto sob sigilo.

-Acabou! - Exclamou Ikimaru. -Revele-se! - O homem deu uma leve risada, chutou a canela do seu oponente e lançou um punhado de neve no rosto do Ikimaru. E correu, Ikimaru até tentou segui-lo, mas ele se misturou bem no primeiro amontoado de pessoas que encontrou.

O estranho ocorrido, permeou a mente do jovem durante alguns dias. Ele não tinha respostas nenhuma para o que aconteceu, se bem que aquela não foi a primeira situação sem sentido que ele passou nos últimos meses. Na verdade, acontecimentos estranhos haviam se tornado praticamente uma constante na vida do rapaz.

Coded by @Lilah!
avatar
Ikimaru Lerman

Mensagens : 27
Moedas : 2198
Data de inscrição : 03/03/2015

Ficha do personagem
Nível:
Grupo:
Raça:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum